top of page

Práticas e Devoção aos Demônios Guardiões


Altar para o Sagrado Demônio Guardião por: Pedro H. Areas
Altar para o Sagrado Demônio Guardião por: Pedro H. Areas

O Altar Domiciliar


Antes de iniciar qualquer prática com seus Demônios da Guarda, será necessário ter um local designado para realizar os rituais. Isso implica encontrar um espaço tranquilo onde não haja interrupções, além de preparar um altar. Enquanto algumas pessoas optam por reservar uma parte do chão como altar, nossa abordagem difere, uma vez que reconhecemos a importância de estruturar o altar do Sagrado Demônio Guardião a uma altura superior a 90 cm, ao contrário dos altares de Qayin e Qalmana, ou mesmo dos Poderosos Mortos que pode ser feito dessa forma. Posteriormente, será preciso reunir os elementos essenciais para compor o altar, acompanhado de alguns itens adicionais para personalizá-lo.


Itens para o Altar:


  • Flores frescas em um pequeno vaso;

  • Frasco contendo sal;

  • Frasco contendo Terra de Encruzilhada;

  • Incensário;

  • Moldura com a foto, sigilo ou uma estátua do Demônio;

  • Pedra relacionada ao Demônio;

  • Quartinha contendo água;

  • Tecido preto;

  • Três velas na cor referente ao seu demônio;

  • Uma Sineta.


Para preparar seu altar, será necessário utilizar um tecido preto para cobrir a superfície. Posicione duas velas na parte posterior e uma na parte frontal, distribuídas em ambos os extremos do altar. Coloque qualquer sigilo ou imagens de seu Demônio Guardião entre as duas velas, na parte traseira. No centro do altar, à frente da imagem, coloque o queimador de incenso. À direita do queimador de incenso, posicione a quartinha contendo água.


Adicione flores frescas e coloque a pedra associada ao seu Demônio dentro da quartinha, junto com um frasco contendo sal e outro contendo terra de encruzilhada. É crucial não incluir nenhum item em seu altar que não esteja relacionado ao seu Demônio. A configuração dos altares pode variar desde o mais básico até o mais elaborado.


Lembre-se de consagrar seu altar e todos os elementos presentes nele. As velas devem ser ungidas, e todas as tigelas e recipientes devem ser limpos com água salgada antes de serem utilizados. Esses são os elementos essenciais para um altar dedicado ao seu Demônio Guardião, seguindo nossa tradição.


Firmeza do Demônio Guardião


Essa é a primeira firmeza que deve ser feita em qualquer trabalho de quimbanda, essa firmeza nos mantém protegidos e resguardados dentro do culto, essa firmeza é extremamente necessária para qualquer filho da casa.


Temos duas partes dentro da firmeza do Sagrado Demônio Guardião que são extremamente importantes, a parte externa e a parte interna, a parte externa é tudo relacionado ao que está a nossa volta, um exemplo seria: relacionamentos, vida financeira, saúde, vida profissional, familiar, sentimental e todos os outros assuntos relacionados ao dia a dia.


A segunda parte esta relacionada diretamente com nosso Ori, com nosso Eu Superior, nossos chacras, nosso corpo áurico, e todas as coisas envolvendo o espiritual.


O próprio Demônio Guardião se torna responsável por nos reger, guiar, cuidar e nos dar força.


Instrumentos:


Bacia de louça Preta:

Essa bacia é importantíssima pois através dela é realizado vários fundamentos, tais como, batismo, cruzamento de coroa e até mesmo a coroação do Satanista, a bacia acompanhado do pano de bater cabeça vai acompanhar o Satanista até os últimos dias de sua jornada. Portanto consideramos a Bacia Negra o primeiro instrumento de obrigação de todo Satanista praticante do nosso culto.


Quartinha de porcelana preta sem asa:

Também é extremamente importante, pois também acompanhará o Satanista até o último dia de sua jornada, dentro da quartinha trataremos do nosso Ori, dentro da quartinha, será reposta água no intervalo de 7 dias, este receptáculo terá os cuidados pelo nosso Ori, nosso Eu Superior, através dessa firmeza do Demônio Guardião, e das manifestações Infernais, teremos amparo, força e equilíbrio.


Símbolo que represente o Daemon:

Pode ser utilizado tanto uma imagem quanto o sigilo, eu particularmente gosto de imagens, uma observação que gostaria de fazer é que dificilmente você encontrará uma imagem de algum Demônio Guardião, portanto, o que pode ser feito é comprar uma imagem de algum anjo e pintá-la de preto, você também pode colocar detalhes bestiais na imagem, tais colo chifres, tridente, rabo e etc. Vale ressaltar que nem os Anjos de Demiurgo nem tão pouco os Anjos Caídos de Satanás se assemelham com essas representações de Anjos que é retratado pela Igreja. O que precisamos aqui é de um receptáculo onde armazenará as manifestações do Sagrado Demônio Guardião.


Ervas para defumação:

Estas ervas são para banir as energias nocivas que estão impregnadas nos objetos, as ervas que recomendo são: Arruda, alecrim, mirra, beijoim e alfazema.



Carvão e Turíbulo para defumação:

O carvão deve ser aceso e posto dentro do turíbulo.


Incenso para ofertório:

Busque utilizar o incenso atribuído ao Demônio Guardião, todas as informações estão disponíveis no livro “Liber Deorum I”.


Cristais:

A pedra que utilizamos é o Ônix, pois está diretamente ligado com Satanás, a pedra Ônix é um amuleto de proteção que ajuda a ampliar a força mental e afastar pensamentos negativos. Ela equilibra o fluxo energético, balanceia as energias Yin e Yang em nosso corpo e abre o caminho para recebermos orientações dos planos superiores. A pedra Ônix afasta todas energias negativas, combate e repele ataques espirituais e purifica nosso campo de energia pessoal. A pedra simboliza a força interior, ajudando a aumentar a consciência espiritual e a conexão com o Demônio Guardião.


Erva relacionado ao Demônio:

Assim como o incenso, busque utilizar a erva atribuída ao Demônio Guardião, todas as informações estão disponíveis no livro “Liber Deorum I”.


 Vela:

A vela pode ser palito, de 7 dias, 21 dias e assim por diante, isso vai depender da sua organização e condição financeira.

Assim como o incenso e a erva, busque utilizar a vela atribuída ao Demônio Guardião, todas as informações estão disponíveis no livro “Liber Deorum I”.


Água filtrada:

Procure sempre utilizar água filtrada, ou qualquer tipo de água que esteja apta para consumo.

Ritual


  1. Antes de mais nada tome um banho e coloque roupas limpas, se possível preta, procure fazer o ritual no horário correspondente do Demônio Guardião.

  2. Pegue a bacia preta e prepare o banho de ablução com as ervas relacionadas ao Demônio, utilize números ímpares de qualidades das ervas, exemplo: 1, 3, 5, 7, etc. A ablução pode ser feita por infusão, decocção ou maceração.

  3. Ascenda o carvão e coloque no turíbulo.

  4. Após separar todos os itens, comece o ritual rezando 3 Pai Nosso Satânico e 3 Salve Lilith, em seguida faça a oração do seu Demônio Guardião.

  5. Em seguida, adicione as ervas de defumação no turíbulo e comece defumando todos os utensílios pertencentes ao Demônio, a quartinha e a pedra ônix. A forma que utilizamos em nosso culto é fazendo um (X) por três vezes e em seguida circulamos no sentido anti-horário, repita esse procedimento por 3 vezes.

  6. Após isso pegue a imagem já defumada e mergulhe na ablução, pegue as ervas e esfregue na imagem e vá fazendo uma oração pessoal em dedicação ao Sagrado Demônio Guardião, esse não é o momento de se fazer pedidos, faça o mesmo com a quartinha e a pedra ônix. Com a Ablução que sobrou na bacia faça um lava-chão em sua residência.

  7. Agora é o momento de preparar o local onde será posta a firmeza, eu recomendo que seja colocada no alto, onde nenhum curioso, criança ou bicho de estimação consiga alcançar, pode ser posto em uma prateleira, não se esqueça de defumar o espaço onde sera colocado e lembre-se de borrifar a Ablução sobre o local. Lembre-se de colocar a firmeza do Demônio da Guarda voltado para a direção onde o mesmo governa.

  8. Apresente a imagem a Satanás e ao Demônio Guardião, em seguida coloque sobre a mesa ou prateleira, Apresente a quartinha ao Demônio Guardião e coloque na frente do Demônio, agora encha de água e coloque dentro da quartinha a pedra ônix, por fim, coloque a vela posicionada em frente a quartinha.

  9. Ascenda a vela, o incenso e termine o ritual rezando 3 Pai Nosso Satânico e 3 Salve Lilith, em seguida faça a oração do seu Demônio Guardião.

  10. Lembre-se de quando acordar firmar sua cabeça diante da firmeza e iniciar seu dia com 1 Pai Nosso Satânico, 1 Salve Lilith e a oração do seu Demônio Guardião.

  11. Faça manutenção a cada 7 dias, no livro “Liber Deorum I” você encontrará todas as informações necessárias sobre seu Demônio Guardião, isso inclui os dias da semana, horas, velas, incensos, etc.


Obrigações


  • Deve-se rezar todo dia ao Demônio Guardião;

  • A cada 7 dias trocar a vela e água da quartinha;

  • Pode-se colocar oferta de frutas, grãos ou vegetais.


Invocação e Evocação


Ao adentrar o reino dos Demônios, a chave reside na sinceridade e no respeito, evitando comandos, exigências ou explorações desrespeitosas. Minha jornada pessoal e as experiências compartilhadas por outros membros da Corrente 322 revelaram valiosas lições sobre como realizar invocações com sabedoria e integridade.”


Familiarizando-se com o Desconhecido

Antes de iniciar qualquer invocação, é imperativo conhecer o Demônio que se pretende convocar. Sites especializados, como o da Corrente 322, oferecem informações detalhadas sobre os atributos e conhecimentos relacionados a diferentes Demônios Goéticos. Estas entidades, como aprendemos através de experiências passadas, são consideradas amigáveis aos humanos.




A Importância do Propósito

Central a todo o processo é ter um propósito específico e claro. Compreender exatamente por que estamos invocando um determinado Demônio é essencial para uma interação significativa e frutífera.


Negociando com Respeito e Honestidade

Ao buscar a ajuda de um Demônio, é apropriado oferecer algo em troca. No entanto, essa troca deve ser baseada em um entendimento mútuo e respeitoso. Os Deuses Anciãos valorizam a palavra, a honestidade, a integridade e a honra acima de tudo. Nunca concorde com algo que não possa cumprir, pois a oferta muitas vezes envolve enfrentar desafios ou inimigos.


O Papel de Satanás na Invocação

Um passo crucial, especialmente ao lidar com um Demônio desconhecido, é buscar a aprovação de Satanás. Sua autoridade sobre todos os Demônios Goéticos proporciona uma camada adicional de segurança, assegurando uma experiência positiva.


Minha compreensão foi aprimorada por meio de interações pessoais com Demônios e pelas experiências compartilhadas por outros membros do Ministério. A experiência continua sendo o melhor guia, oferecendo discernimento único e valioso durante essa jornada espiritual.”


Níveis de Experiência na Invocação

Ao estabelecer contato com um Demônio, diferentes níveis de experiência podem se manifestar:


  • Comunicação Telepática: O Demônio se comunica através de nossos pensamentos.

  • Percepção Visual e Auditiva: Mais comum em pessoas psíquicas, envolve ver e ouvir o Demônio.

  • Invocação da Energia: Envolvendo uma aura intensa e possível comunicação direta.

  • Manifestação Física: Raro, mas pode incluir objetos movendo-se e evidências tangíveis da presença do Demônio.


Preparando o Ambiente para a Invocação

Para criar um ambiente propício à invocação, é essencial garantir que você tenha os elementos certos à disposição. Aqui estão alguns itens necessários:


Um Local Tranquilo:

Escolha um lugar onde você possa se concentrar sem ser perturbado. Este local deve proporcionar uma atmosfera calma e sereno, facilitando a comunicação e a conexão espiritual.


Incenso de Qualidade:

Utilize incenso de qualidade, preferencialmente com uma fragrância agradável. É altamente recomendável testar qualquer incenso novo antes do ritual, pois incensos de baixa qualidade podem ser insultantes para os Demônios e até mesmo comprometer a seriedade do ritual.



Velas Adequadas:

Escolha uma ou mais velas nas cores apropriadas para o ritual. Velas pretas são uma escolha tradicional, mas vermelhas e azuis podem ser substitutos aceitáveis, especialmente se não conseguir obter velas relacionadas com cada Demônio. Se possível, escolha a cor da vela associada ao Demônio específico que deseja invocar, conforme listado no livro “Liber Deorum I”.


Sigilo do Demônio:

Tenha em mãos o papel contendo o sigilo do Demônio que pretende invocar. Este símbolo é a representação única da entidade e atua como um canal para a comunicação durante o ritual.


Procedimentos para a Invocação:


Reprodução do Sigilo:

Antes de começar, reproduza, imprima ou desenhe o sigilo do Demônio em papel limpo. Certifique-se de que esteja intacto e respeitosamente guardado, pois é uma parte crucial da conexão ritualística.


Preparação do Incenso:

Acenda o incenso de qualidade, permitindo que a fumaça envolva o ambiente. A fragrância agradável não apenas proporciona uma atmosfera propícia, mas também demonstra respeito pelos espíritos envolvidos.


Iluminação das Velas:

Acenda uma ou mais velas escolhidas, refletindo sobre a cor associada ao Demônio. Isso não apenas contribui para a atmosfera ritualística, mas também representa a presença da entidade no espaço.


Visualização do Sigilo:

Feche os olhos e visualize o sigilo em sua mente da melhor forma possível. Concentre-se na imagem e, se necessário, abra os olhos para reforçar a visualização. Recite ou cante o nome do Demônio, conectando-se mental e espiritualmente com a entidade.


Recitação da Oração a Satanás:

Recite a oração específica a Satanás, buscando sua graça e orientação para a invocação do Demônio desejado. Esta etapa é fundamental para garantir uma conexão segura e positiva.


Conclusão e Observações Finais:


Ao seguir esses passos cuidadosamente, você estará preparado para realizar uma invocação respeitosa e significativa. Lembre-se, a comunicação com os Demônios requer sinceridade, respeito e uma compreensão clara de seus objetivos. Sempre mostre apreço e gratidão pelos serviços prestados, oferecendo algo em troca, como publicidade, trabalho contra inimigos ou promoção do satanismo. Com esses elementos alinhados, você estará pronto para explorar o mundo espiritual de maneira respeitosa e consciente.

30 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commenti


bottom of page